Ácido úrico quais os problemas que ele pode mostrar

Você já ouviu, com certeza, falar de “gota”, não é mesmo? Mas e sobre o ácido úrico?

O ácido úrico se forma em nosso organismo como resultado do metabolismo das purinas, que são tipos de proteínas encontradas em diversos alimentos. Parte desse ácido é eliminada pelos rins através da urina e outra parte permanece circulando no sangue. Porém, há muitos fatores que podem fazer com que os níveis de ácido úrico se elevem o que é prejudicial para a saúde, tais como a falta de capacidade dos rins de eliminar a produção extra do fígado, excesso de proteínas, entre outros.

Ácido úrico: quais os problemas que ele pode mostrar?

A gota nada mais é que o excesso de ácido úrico no organismo, e tem como principais sintomas inchaço, inflamação, dor e sensibilidade nas juntas. Pode afetar as articulações dos pés, base dos dedos, joelhos, tornozelos, pulsos e dedos das mãos.

A análise do ácido úrico pode ser feita através do exame do sangue ou de urina. O exame de ácido úrico, normalmente, é pedido pelo médico quando o paciente apresenta dor nas articulações ou quando existem suspeitas de doenças mais graves, como lesão renal ou leucemia.

Os principais sintomas de ácido úrico alto, que afeta principalmente os homens, são:

  • Dor e inchaço em uma articulação, especialmente o dedão do pé, tornozelo, joelho ou dedos;
  • Dificuldade em movimentar a articulação afetada;
  • Vermelhidão no local da articulação, que pode até ficar mais quente que o habitual;
  • Deformação da articulação, devido ao acúmulo excessivo de cristais.
  • Cálculo Renal

Para ajudar a reduzir o ácido úrico, existem algumas dicas que podem ser seguidas todos os dias como:
– Consumir pelo menos 1,5 a 2 litros de água por dia;
– Aumentar o consumo de frutas e vegetais, pelo menos 5 vezes por dia;
– Moderar a ingestão de carne e peixe;
–  Dar preferência para alimentos diuréticos como melancia, pepino, salsão ou alho.
– Evitar o consumo de alimentos ricos em purinas, como fígado, rins e moela;
– Diminuir o consumo de produtos industrializados e com muito açúcar, como refrigerantes, bolachas ou comida preparada;
– Aumentar o consumo de alimentos com vitamina C como laranja, abacaxi e acerola.

Alimentação e ácido úrico

Idealmente o melhor tipo de alimentação para pessoas com excesso de ácido úrico é aquela que inclui apenas o uso de alimentos orgânicos, contendo pouca quantidade de produtos industrializados.

No entanto, dentro dos alimentos orgânicos também se devem evitar aqueles que são mais ricos em purinas, como:

* Carne vermelha em excesso;
* Marisco, mexilhão, cavala, sardinha, arenque e outros peixes;
* Fruta muito madura ou muito doce, como manga, figo, caqui ou abacaxi;
*  Carne de ganso ou frango em excesso.

Contudo, alguns alimentos ajudam a combater o ácido úrico.

Os principais são:  Brócolis , Pepino , Banana ,  Cenoura , Cereja, Maçã , Limão , Chá verde e Cebola Crua.

Alimentação também é saúde!

Gostou de saber um pouco mais sobre ácido úrico e quais os problemas que ele pode mostrar? Continue acompanhando nosso blog, e fique por dentro de temas como saúde, alimentação, bem-estar, exames e outros…

Outros artigos interessantes

Exame RT-PCR

Exame RT-PCR

Você com certeza conhece alguém ou já precisou fazer um teste para detectar o COVID-19, mas você sabia que existe um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato

carloschagas@carloschagasaraxa.com.br

Instagram
@carloschagas.araxa

Instituto de Patologia Carlos Chagas
Rua Capitão José Porfírio, 251 . Centro - Araxá-MG
(34) 3661-2899

Posto de Coleta Cardioclínica
Rua Antônio Alves da Costa, 65 . São Pedro - Araxá – MG
(34) 3662-2240

Posto de Coleta Emiliana Alves de Rezende
Av. Geraldo Tomaz de Aquino, 228 . Tapira – MG
(34)3633-1441

Posto de Coleta Santo Antônio
Av. Wilson Borges,755 . Santo Antônio - Araxá – MG
(34)3662-9515

Urgência 24 Horas: (34) 98826-1999

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta:
06:00 às 18:00h

Sábados
07:00 às 12:00h

Localização

Compartilhe!