Como superar o medo de agulha

Medo de agulha

Muito marmanjo que fala grosso, pai de família, homem maduro e valente, vira a cara e treme diante “daquele momento” especial e atemorizante (para ele), que é o momento da injeção, da agulhada, de tirar sangue ou tomar medicamento pela via venosa ou intramuscular. Afinal, o medo de agulha não tem nada a ver com força ou coragem.

O medo de agulha

Que dói, dói. Por melhor que seja o profissional manejando a seringa. O incrível é que é uma dor suportável para a maioria, mas insuportável para outros tantos.

Veja-se que tirar sangue ou tomar injeção dói muito menos que furar o lóbulo da orelha para colocar um brinco, colocar um piercing ou fazer uma tatuagem. No entanto, você não ouve falar constantemente de pessoas com pavor de tatuagens ou brincos. Mas de gente com medo de injeção nós ouvimos falar toda hora, é surpreendente.

Superando a aicmofobia

A mera visão de agulhas causa um pânico paralisante em quem tem aicmofobia — o nome oficial dessa fobia. A foto de uma injeção ou aquele “cheirinho” séptico próprio de locais para aplicação de injeção e retirada de sangue em laboratórios e farmácias, tudo isso evoca dor e aflição na pessoa portadora desta fobia.

“Fobos”, em grego, significa medo. Os gregos antigos sempre admitiram o medo como um companheiro sorrateiro, mas sempre presente. O segredo, para eles e para nós, é aprender a conviver com nossas fobias, nossos medos, nossas neuroses.

Com o medo de agulha ou injeção não é diferente. E a melhor maneira de encarar esta fobia é o bom e velho tratamento de choque: simplesmente pare de somatizar seu pânico, encare as agulhas e injeções como um desconforto passageiro e vá em frente.

Com o tempo, o seu cérebro vai se habituando à “picada” e percebendo que ela não é nenhum bicho de sete cabeças, cada vez mais, você vai se importar menos com ela.

Ah! Uma importante dica: todas as fobias têm a ver com ansiedade. Diminuindo sua ansiedade, você diminui seus medos, inclusive o de agulhas. Pratique exercícios físicos, passeie com seu cachorro, leia um livro ou faça qualquer outra atividade que te dê prazer na véspera da agulhada, isso vai fazer seu cérebro se ocupar e esquecer o medo de agulha.

Outros artigos interessantes

Exame RT-PCR

Exame RT-PCR

Você com certeza conhece alguém ou já precisou fazer um teste para detectar o COVID-19, mas você sabia que existe um...

1 Comentário

  1. Laiane

    Me ajudou a informação e como enfrentar.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato

carloschagas@carloschagasaraxa.com.br

Instagram
@carloschagas.araxa

Instituto de Patologia Carlos Chagas
Rua Capitão José Porfírio, 251 . Centro - Araxá-MG
(34) 3661-2899

Posto de Coleta Cardioclínica
Rua Antônio Alves da Costa, 65 . São Pedro - Araxá – MG
(34) 3662-2240

Posto de Coleta Emiliana Alves de Rezende
Av. Geraldo Tomaz de Aquino, 228 . Tapira – MG
(34)3633-1441

Posto de Coleta Santo Antônio
Av. Wilson Borges,755 . Santo Antônio - Araxá – MG
(34)3662-9515

Urgência 24 Horas: (34) 98826-1999

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta:
06:00 às 18:00h

Sábados
07:00 às 12:00h

Localização

Compartilhe!