Exame de protombina

O Exame de protombina, também conhecido como TAP ou TP, é utilizado no setor de hemostasia para se avaliar, por meio dos seus fatores, a integridade da via extrínseca e comum da cascata de coagulação. Esse exame avalia a capacidade do sangue para coagular, isto é, o tempo necessário para estancar uma hemorragia, por exemplo.

Assim, o exame de tempo de protrombina é utilizado sempre que surgem sangramentos ou hematomas frequentes para tentar encontrar a causa do problema, assim como quando há suspeitas de problemas no fígado, sendo solicitado também a dosagem de TGO, TGP e GGT, por exemplo.

No caso das pessoas que fazem uso de anticoagulantes orais, como a Varfarina ou a Aspirina, o médico solicita periodicamente o INR, que é uma medida mais específica que o TP para avaliar o efeito dos medicamentos, já que o TP normalmente é alto nessas condições.

A protrombina, também conhecida como fator II da coagulação, é uma proteína produzida pelo fígado e quando ativada promove a conversão de fibrinogênio em fibrina, que, juntamente com as plaquetas, forma uma camada que impede o sangramento. Assim, a protrombina é fator essencial para que a coagulação sanguínea aconteça.

Significado dos resultados

O resultado do exame do tempo de protrombina pode estar alterado devido a diferentes causas, por isso, sempre que existam alterações o médico pode pedir novos exames para conseguir identificar a causa correta e iniciar o tratamento.

Algumas das causas mais comuns incluem:

Tempo de protrombina alto

Este resultado indica que, se acontecer um corte, o sangramento irá demorar mais tempo para parar, sendo que algumas das causas mais comuns incluem:

  • Uso de anticoagulantes;
  • Alteração da flora intestinal;
  • Alimentação pouco equilibrada;
  • Doenças no fígado;
  • Deficiência de vitamina K;
  • Problemas de coagulação, como hemofilia;

Além disso, alguns medicamentos como antibióticos, corticoides e diuréticos também podem alterar o valor do exame, sendo, por isso, aconselhado informar o médico sobre toda a medicação que se está utilizando.

Tempo de protrombina baixo

Já quando valor de protrombina é mais baixo significa que a coagulação acontece muito rápido. Assim, embora os sangramentos sejam mais raros e parem rapidamente, há maior risco de formação de coágulos que podem levar a infarto ou AVC.

Algumas das causas que podem provocar esta alteração incluem:

  • Uso de suplementos com vitamina K;
  • Consumo excessivo de alimentos com vitamina K, como espinafre, brócolis ou fígado;
  • Uso de comprimidos com estrogênio, como pílula anticoncepcional.

Nestes casos pode ser necessário iniciar o uso de anticoagulantes ou injeções de heparina até identificar a causa da alteração. Após isso, o médico irá recomendar o tratamento mais adequado.

Ainda em dúvidas? Procure seu médico e realize o Exame de protombina aqui no laboratório Carlos Chagas.

Outros artigos interessantes

Exame RT-PCR

Exame RT-PCR

Você com certeza conhece alguém ou já precisou fazer um teste para detectar o COVID-19, mas você sabia que existe um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato

carloschagas@carloschagasaraxa.com.br

Instagram
@carloschagas.araxa

Instituto de Patologia Carlos Chagas
Rua Capitão José Porfírio, 251 . Centro - Araxá-MG
(34) 3661-2899

Posto de Coleta Cardioclínica
Rua Antônio Alves da Costa, 65 . São Pedro - Araxá – MG
(34) 3662-2240

Posto de Coleta Emiliana Alves de Rezende
Av. Geraldo Tomaz de Aquino, 228 . Tapira – MG
(34)3633-1441

Posto de Coleta Santo Antônio
Av. Wilson Borges,755 . Santo Antônio - Araxá – MG
(34)3662-9515

Urgência 24 Horas: (34) 98826-1999

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta:
06:00 às 18:00h

Sábados
07:00 às 12:00h

Localização

Compartilhe!