Infecção urinária, o que a causa?

Infecção urinária é qualquer infecção por micro-organismos que acometa o trato urinário. Dependendo da estrutura acometida, a infecção tem nomes diferentes: uretrite (uretra), cistite (bexiga) ou pielonefrite (rins).

Essa moléstia é muito comum, e acontece principalmente nas mulheres…

Vamos aprender um pouco mais, sobre as causas da infecção urinária?

Infecção urinária, o que a causa?

Má higiene

A vagina e o pênis são naturalmente livres de bactérias. No entanto, a má higiene ou a falta dela permite que as secreções produzidas por essas regiões se acumulem, criando um ambiente propício para o crescimento de bactérias.

A mulher tem um outro fator de risco importante, que é a proximidade da região anal com a vagina. É importante saber que no intestino vivem diversas bactérias, que participam do processo de digestão e saem nas fezes. Se a higiene for feita de forma errada, ou seja, do ânus em direção a vagina, haverá contato com as bactérias das fezes, o que pode causar a infecção urinária.

É por esse motivo que recomenda-se realizar a higiene com ducha de água e, caso essa não seja uma opção, deve-se passar o papel higiênico somente na região anal e após, com outro pedaço de papel, na região vaginal.

Relação sexual

Como falado, para que a infecção ocorra é necessário que a bactéria suba pelo trato urinário. Esse processo é facilitado durante a relação sexual, uma vez que a abertura da uretra (canal por onde sai a urina) fica mais exposta.

Para evitar a infecção urinária nesse caso é recomendado sempre urinar após a relação sexual, a fim de limpar o trato urinário, e higienizar a região com água e sabão.

Tamanho da uretra

A uretra masculina é comprida, uma vez que percorre todo o pênis. Dessa forma, é mais difícil para os patógenos chegarem até a bexiga, o que não ocorre com a mulher, que tem uma uretra até três vezes mais curta.

Mudanças hormonais

A vagina tem defesas naturais contra as bactérias. A mucosa dessa região, por exemplo, é rica em uma substância chamada mucina, que dificulta a aderência de agentes patogênicos. No entanto, mudanças hormonais podem alterar a produção de mucina, prejudicando a defesa natural.

É por esse motivo que a infecção urinária pode ocorrer com mais frequência na adolescência e no climatério (período de transição entre idade reprodutiva e não reprodutiva da mulher, que tem a menopausa como marco), fases em que há mudanças hormonais relevantes.

Falta de hidratação

É fundamental tomar bastante líquido ao longo do dia para evitar episódios de infecção urinária. Isso porque a urina, ao passar pelos componentes do trato urinário, leva consigo possíveis bactérias que penetraram pela vagina ou pelo pênis. No entanto, quem consome pouco líquido produz pouca urina, permitindo que ocorra a ascensão de bactérias.

Candidíase

Existem alguns fungos presentes na flora vaginal, o que é natural. A candidíase surge quando ocorre um crescimento exagerado do fungo Cândida, provocando sintomas como coceira na vagina, corrimento esbranquiçado e irritação na região.

Quando não tratada, a candidíase pode provocar infecção urinária. Isso porque a mulher segura a urina devido à ardência que a sua passagem pela região vaginal causa. Além disso, o acúmulo de corrimento é um ambiente propício para a proliferação de bactérias.

Doenças crônicas

Algumas doenças crônicas, como diabetes e a litíase renal (pedra nos rins), propiciam a proliferação de bactérias. Pessoas com esse quadro devem tomar um cuidado especial para prevenir infecções de repetição.

Sintomas de infecção urinária

  • Necessidade urgente de urinar com frequência;
  • Escassa eliminação de urina em cada micção;
  • Ardor ao urinar;
  • Dores na bexiga, nas costas e no baixo ventre;
  • Febre;
  • Sangue na urina nos casos mais graves.

Tratamento de infecção urinária

 Às vezes, o próprio organismo dá conta de eliminar as bactérias. Em certos casos, o tratamento requer o uso de antibióticos que serão escolhidos de acordo com o tipo de bactéria encontrada no exame laboratorial de urina.

Recomendações para evitar infecção urinária 

  • Beba muita água. O líquido ajuda a expelir as bactérias da uretra e da bexiga;
  • Urine com frequência. Reter a urina na bexiga por longos períodos é uma contraindicação importante.
  • Urinar depois das relações sexuais favorece a eliminação das bactérias que se encontram no trato urinário;
  • Redobre os cuidados com a higiene pessoal. Mantenha limpas a região da vulva e do ânus. Depois de evacuar, passe o papel higiênico de frente para trás;
  • Sempre que possível, lave-se com água e sabão. Ainda assim, não exagere, pois a lavagem em excesso pode prejudicar o equilíbrio da flora genital, importante para a proteção do nosso organismo;
  • Evite roupas íntimas muito justas ou que retenham calor e umidade, porque facilitam a proliferação das bactérias;
  • Suspenda o consumo de tabaco, álcool, temperos fortes e cafeína. Essas substâncias irritam o trato urinário;
  • Troque os absorventes higiênicos com frequência para evitar o proliferação bacteriana.

Na dúvida, procure seu médico e solicite um exame de urina.

O Laboratório Carlos Chagas oferece todos os tipos de exames de diagnóstico de infecção de urina, com precisão e rapidez!

Outros artigos interessantes

Exame RT-PCR

Exame RT-PCR

Você com certeza conhece alguém ou já precisou fazer um teste para detectar o COVID-19, mas você sabia que existe um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato

carloschagas@carloschagasaraxa.com.br

Instagram
@carloschagas.araxa

Instituto de Patologia Carlos Chagas
Rua Capitão José Porfírio, 251 . Centro - Araxá-MG
(34) 3661-2899

Posto de Coleta Cardioclínica
Rua Antônio Alves da Costa, 65 . São Pedro - Araxá – MG
(34) 3662-2240

Posto de Coleta Emiliana Alves de Rezende
Av. Geraldo Tomaz de Aquino, 228 . Tapira – MG
(34)3633-1441

Posto de Coleta Santo Antônio
Av. Wilson Borges,755 . Santo Antônio - Araxá – MG
(34)3662-9515

Urgência 24 Horas: (34) 98826-1999

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta:
06:00 às 18:00h

Sábados
07:00 às 12:00h

Localização

Compartilhe!