De onde vem à expressão “sangue azul”?

É provável que em algum momento da sua vida você se deparou com essa expressão “sangue azul”. Mesmo que hoje em dia ela não seja usada consegue despertar a curiosidade de algumas pessoas. Afinal, da onde vem essa expressão?

Antes de tudo é necessário ressaltar que existem duas versões sobre essa expressão. Mas, todas elas estão relacionadas a uma classe: a alta nobreza.

É uma das expressões mais conhecidas da Língua Portuguesa (apesar de também existir noutros idiomas). Dizer que alguém tem “sangue azul” significa que essa pessoa pertence à realeza. Durante muitos séculos, a expressão estava tão enraizados que muitas pessoas pensavam mesmo que ela exprimia uma realidade e que os Reis teriam, efetivamente, o sangue azul. Mas afinal qual é a origem da expressão “ter sangue azul”?

Há duas explicações para a criação da expressão usada para designar membros de famílias nobres. A mais aceite pelos etimologistas, os estudiosos da língua, é a de que ela tem origem na Espanha do século 6. Faz referência à cor clara da pele, sob a qual se destacavam as veias e artérias azuis – quase invisíveis na pele de mouros e judeus, constantemente expostos ao sol durante o trabalho.

Teria tido origem na Europa Renascentista, onde o padrão estético da nobreza era o tom de pele mais claro, quase da cor de porcelana. Dizia-se que havia sangue azul (nobre) devido às veias localizadas nos membros superiores, de cor azul.

Porém, alguns pesquisadores defendem que a origem da expressão seja bem mais antiga e esteja no antigo Egito. Segundo eles, os faraós diziam ter sangue azul como as águas do rio Nilo, contrapondo-o ao vermelho do sangue dos súbditos.

O simbolismo da cor azul está relacionado com a cor do céu. Os egípcios usavam a cor azul para estabelecerem a relação entre os faraós e a sua alegada origem divina. A cor azul foi também usada pelos Reis de França para estabelecer a ligação dos Reis à religião cristã.

Observe-se que é tradicional relacionar a expressão em causa com a cor aparente do sangue. Como sabemos, o sangue venoso é mais escuro que o sangue arterial. Além disso, as veias apresentam um tom azulado e são mais evidentes nas pessoas de pele clara.

Entendeu de onde vem à expressão “sangue azul”? Se tiver mais alguma, deixe seu comentário, e aprofunde seus conhecimentos acerca de assuntos sobre saúde navegando pelo nosso site: www.carloschagasaraxa.com.

Outros artigos interessantes

Exame RT-PCR

Exame RT-PCR

Você com certeza conhece alguém ou já precisou fazer um teste para detectar o COVID-19, mas você sabia que existe um...

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em Contato

carloschagas@carloschagasaraxa.com.br

Instagram
@carloschagas.araxa

Instituto de Patologia Carlos Chagas
Rua Capitão José Porfírio, 251 . Centro - Araxá-MG
(34) 3661-2899

Posto de Coleta Cardioclínica
Rua Antônio Alves da Costa, 65 . São Pedro - Araxá – MG
(34) 3662-2240

Posto de Coleta Emiliana Alves de Rezende
Av. Geraldo Tomaz de Aquino, 228 . Tapira – MG
(34)3633-1441

Posto de Coleta Santo Antônio
Av. Wilson Borges,755 . Santo Antônio - Araxá – MG
(34)3662-9515

Urgência 24 Horas: (34) 98826-1999

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta:
06:00 às 18:00h

Sábados
07:00 às 12:00h

Localização

Compartilhe!